Clique aqui para ouvir o Hino Nacional.
Ano 8
Número 2358
01 de Dez. de 2011
Clique aqui para retornar a página inicial
   
 

Cadastro   Expediente   Anuncie   Fale Conosco  

 
   
Colunas
 
 
 

 Pensamento (e)

 
 

“A exemplo do pintor - o escritor pode vender sua lavra - ela é a sua arte o seu trabalho, porem eu jamais vendi a minha!”

(Guilhobel)

[Leia mais]

 
 
 
 

 Pensamento (ee)

 
 

“Tanto o ente público como os agentes públicos estão sempre à espera que um empresário, lobista ou vigarista apareça com uma boa fórmula para saquear o Tesouro Público".
 (Guilhobel)

 
 

 Pensamento (eee)

 
 

“Um mau costume detona muitas vezes um bom homem”.
(Guilhobel)

 
 
 
 

 Pensamento (eeee)

 
 

“É uma pena que discurso de político não tenha cheiro. Pois a podridão que vomitam ao falar, cobriria a todos com uma nuvem de dentirrostros carnívoros”.
(Guilhobel)

 
 

 

 
 

 
 
 
 

 

 
 

 
     
     
  Portal de Acesso  
     
 
 
  
 
  
 
 Pesquisa Google
 Pesquisa Yahoo!

 
 



:: Editorial Comentar notícia  Enviar notícia p/ e-mail
Eu fiz do meu ...
jeitooooooooooooo

A aceitação que transforma!

Depois de sete anos tentando mudar as pessoas, pretendendo impor meus pensamentos, descobri que a única pessoa - que eu podia mudar - 'era eu mesmo'. Quando aceitei isso comecei a trilhar com mais luz dentro do que sou. (Guilhobel)

O Gazeta de Novo parou
por conta de
7 FANTASIAS

Significado de Fantasia:
Imaginação criadora; ficção; coisa que não tem existência real, mas apenas ideal. Extravagância; alucinação; fingimento...

1º - O governo do Estado do Paraná fantasia que governa defendendo o interesse público e, em 2012, vai gastar R$ 143.000.000,00, em propagandas fantasiosas, para continuar enganando o povo.

2º - O Legislativo do Paraná fantasia que aprova leis a favor do povo, regulando as relações dos indivíduos entre si e com o próprio Estado, mediante a elaboração de leis.

3º - O Tribunal de Contas do Estado do Paraná fantasia que é sério para fiscalizar o uso de recursos públicos, assegurando que sejam bem aplicados e evitando irregularidades como fraudes, desvios, desperdício e atos de corrupção.

4º - O Ministério Público do Estado do Paraná fantasia que fiscaliza e que defende a ordem jurídica, o regime democrático e os interesses sociais e individuais indisponíveis.

5º - O Poder Judiciário do Estado do Paraná fantasia que pratica a Justiça atendendo a obrigação determinada pela Constituição Brasileira de sua " função jurisdicional".

6º - Os órgãos de imprensa e jornalistas do Paraná fantasiam que divulgam notícias sem manipulação.

- O Gazeta de Novo não podia continuar fantasiando que estava eliminando as 6 fantasias mencionadas.

Guilhobel Aurélio Camargo

Em 15/12/2011, Vila Vudu escreveu:
    "No Brasil o problema é mais complicado, porque as mesmas empresas que nos impingiram o PIOR jornalismo do mundo, hoje nos impingem também o pior conteúdo para os gadgets 'modernos'. Quem leu o livro do Amaury Jr. verá ali, além das provas da imundície que foi a privataria comandada pelo ex-F.H.C. e atual N.A.D.A. e Serra, seu sub-do-sub, também o IMUNDO casamento daquela tucanada abjeta e zilhões de jornalistas q, menos do q serem 'não éticos' são amorais. Isso não se resolve NEM com CPI. De fato, ainda estamos pensando pra descobrir COMO se resolve isso. E aceitamos sugestões!"

O mundo pertence a quem se atreve

Curitiba, 1º de dezembro de 2011

Por Guilhobel Aurélio Camargo

Nesse espaço, durante os últimos 8 anos, fui além de ser atrevido. Cheguei aos 64 anos - chamado na vida de 'período da síntese' - em que o ser humano tem a chance de profundidade no conhecimento. Coincidentemente fechou-se um setênio (os 7 ciclos da vida) para o site e para minha idade (64) quando um novo período se inicia.

Com “coragem irresponsável”, ataquei e fui atacado.
Políticos tentaram, em muitas ações, me intimidar, usando a “corrupta justiça dos poderosos”; mas eu continuei, não fiquei calado.
Alguns tiveram sucesso, mas mesmo condenado não cai, fiquei em pé, segui atacando e denunciando.
Jamais anunciei que falaria sobre alguém em edições posteriores, sempre fui direto ao assunto e falei no mesmo dia.
Escrevi sobre temas inéditos e trouxe fatos que muitos receberam como “teorias conspiratórias” (Eles estão no arquivo no botão acima, à direita).
Agradei e desagradei a Lernistas, Requianistas, Bebetinhos também a crentes e ateus.
Não fui servil nem seria eterno admirador de nenhum deles.
Trouxe a luz para alguns e mostrei o caminho das trevas para outros.
Recebi elogios e fui xingado.
Fui amado e odiado.
Chamaram-me de detrator e me detrataram.
Fiz gente sorrir e outros chorarem.
Escrevi com paixão e ousadia, muitas vezes errei e em outras vezes fui elogiado.
Muitas vezes chorei, muitas vezes sorri e me deliciei sentindo o “gozo de si mesmo” com a minha “lavra polêmica”.
Marquei e fiquei marcado.
Enfim, cansei de lavar “cabeças de burros”.
Sei que ganhei um exército de seguidores e para esses - eu peço perdão - sei que sentirão a falta das minhas palavras, acreditando nelas ou não.
Custou muito, perdi amigos, ganhei amigos e inimigos e tombou no caminho a minha companheira que eu amava.
Agora vou me unir à multidão.
Eu fiz minha parte, não me arrependo de nada.
Talvez um dia eu retorne para mais uma vez gritar.
Enquanto essa página estiver no ar, quem sabe...
Os que estão mais próximos têm-me dito que eu não resistirei longe do site e que serão só umas férias de final de ano. Sinceramente, gostaria que fosse assim.

Até um dia, aqui mesmo ou dentro de um livro ou em lugar nenhum eu volte a falar.
O mundo pertence a quem se atreve, eu fui atrevido.

Obrigado, Guilhobel


Louis Armstrong - Adios Muchachos - 1959

Adeus Rapazes

Adeus rapazes, companheiros de minha vida, turma querida daqueles tempos.
Cabe a mim hoje empreender a retirada,
devo afastar-me de minha boa rapaziada,
Adeus rapazes, já me vou e me resigno.
Contra o destino ninguém argumenta.
Acabaram para mim todas as farras,
meu ser enfermo não resiste mais.
Daniel Chavarria

 

Manifestações de alguns queridos amigos e leitores:

"Parar? Você já não tem mais este direito!"
Luiz Fernando Pereira

"Guilhobel, você conquistou batalhas, você ganhou seguidores e, como escreveu Exupéry, 'Você se torna eternamente responsável por aquilo que cativa'. Você não pode parar, nós estamos aqui". C.Guimarães

"Bom dia, amigo.
Recebi o seu e-mail de despedida, mas não vou considerá-lo como tal. Prefiro vê-lo apenas como um espasmo, um soluço da alma, um descompasso entre a sua energia e o vigor da batalha sem fim contra a barbárie da política e os canalhas que nela se aninham. O blog Gazeta de Novo, Guilhobel, não se trata apenas de um diário que desnuda as mazelas que grassam no cotidiano, mas, trata-se, sim, de uma bandeira contra a sordidez das ações que a política ignara e corrupta vem impondo aos cidadãos que sustentam este País. Assim, mantenha o Blog em descanso, mas não o apague, porque pelo sim, pelo não, ele ficará na linha do horizonte a sinalizar a sua prontidão para a luta, para o embate, e para a intimidação dos que mamam, sôfregos, nas generosas e desprotegidas tetas do erário. Meu querido amigo, tome um Lexotan, tire uma semana de férias e permaneça na luta. Aliás, para ser mais claro, não encha o saco e vá trabalhar. Forte abraço do Caio Brandão".

"Querido amigo Guilhobel,
Espero que tenham sido somente palavras ditas na madrugada indormida e entristecida por lembranças saudosas e que a esta hora já possa ter superado aquele momento de justo desabafo.
Um forte abraço,
Mario Pereira".

"Guilhobel,
Não faz isso, cara. Sem o GazetadeNovo vai ser duro aguentar as mentiras do seu cunhado Fábio Campana e as babaquices de outros jornalistas ignorantes".
Marlos

"Caro Guilhobel e agora quem vai atacar a outra Gazeta que não é do Povo e que deixou “os filhos e netos de Francisco” milionários com o dinheiro do cofres públicos?" (Cesar M. de Souza)

"Não permitiremos que a caneta que transformou-se numa espada saia do ar. A "caneta espada" que, com brilhantismo, inteligência e sabedoria abrilhantou este espaço chamado "gazeta de novo". Guilhobel, nós que frequentamos a luta diária contra os malfeitores do Estado, os gafanhotos do dinheiro público, pagamos um preço alto por isso, mas nossa luta se, não reconhecida agora, um dia será. Os malfeitores, certamente, estão felizes com a notícia, mas tenho certeza, a alegria deles vai durar pouco. Amanhã vamos ler mais uma cruzada da "gazeta de novo" contra a corrupção. Caso isso não ocorra, vamos convocar um ato público na "boca maldita", não pedindo, mas exigindo, sua volta. Você  é uma bandeira pública, já não lhe pertence. Portanto volte a escrever". Edson Feltrin

"Blog do Esmael Blog do Esmael
Guilhobel Camargo encerra o site “Gazeta de Novo” 1 de dezembro de 2011 - 10:20 - Comente agora
O site Gazeta de Novo deixará de ser atualizado. O proprietário da página, Guilhobel Camargo, anunciou nesta quinta-feira (1) o fim do espaço depois de 8 anos ininterruptos.

“Escrevi com paixão e ousadia, muitas vezes errei e em outras vezes fui elogiado”, despediu-se Guilhobel.

O advogado Luiz Fernando Pereira comentou o fim do Gazeta de Novo decretado por Guilhobel: “Parar? Você já não tem mais este direito!”.
O mundo da política - e este blogueiro - espera que Guilhobel Camargo reveja essa medida drástica. A rede precisa de vida inteligente. Até breve.
(BLOG DO ESMAEL)

"Amigo Guilhobel
A madrugada não é boa conselheira, mas seja qual for sua decisão, tem nossa solidariedade. Sua ausência na mídia deixa imenso vazio! As mudanças ocorrem, é uma das certezas da vida. Por isso aguardamos o retorno breve.
Abraços do amigo,
Alvaro Dias"

Ah Guilhobel... que lástima... Curitiba, mais que outro local perde muito com isso... faltam-nos homens assim corajosos... admiro muito seu trabalho, MAS, também entendo que férias são merecidas, ainda mais por quem já batalhou TANTO pela verdade... pela falta de vergonha na cara  nesse mundo politico e burocrático, onde se prevalece a enrolação... Suas férias são merecidas, desfrute-as com a alegria do dever cumprido e muito bem cumprido, e, se a saudade bater, tenho certeza que será recebido com muita alegria... 'aproveite o dolce far niente'.... ele também é um aprendizado, nos instiga a profundas reflexões... eu ainda acho que escreverá muito... rsrsrs... quem sabe... outros temas... outros sabores, descobertas... lindas férias pra você!
Mas, me diga, seu e-mail permanece o mesmo? Sempre, meu carinho e agradecimentos pelas inúmeras chamadas sobre as esculturas. Muito obrigada mesmo, sentirei sua falta, abraço,
LYS" (Lys é a artista que brindou Curitiba com os Três Anjos no final da rua 7 de setembro, no Jardim Los Angeles )

Hoje, com a monopolização das informações em nosso país e com o conseqüente prejuízo para a verdade dos fatos que isso significa, a chamada “blogosfera” passou a ter um papel vital para a liberdade de imprensa, para a circulação de idéias e a defesa da  verdade. E o Guilhobel teve um papel essencial nisso. A Gazeta de Novo é um dos sítios de informações pioneiro no Brasil e o seu recesso é lastimável. É claro, nem sempre concordamos, mas não posso deixar de deplorar a decisão do Guilhobel, que se vê forçado por toda sorte de pressões e multas, a retirar-se. Que seja por pouco tempo. O sítio do Guilhobel vai fazer falta. Perde o jornalismo que busca a verdade nos fatos, perdem os paranaenses que serão privados de informações que a mídia oficialesca, submissa e venal não divulga.
Exultam-se governantes medíocres e sua corte de bajuladores.
Até breve, Guilhobel
.
Roberto Requião

"O Leão pertence a uma raça em extinção porque não se submete. Você é o nosso Leão, enfrenta, luta, defende a verdade e quem tem essa postura paga caro, é o preço da ousadia
Descanse um pouco, é justo o repouso do guerreiro. Depois volte para transmitir a alegria natural da tua vida. Vamos esperar".  

Bibinho

"GUILHOBEL (Gazeta de Novo) sai (mas fica fora até quando fora do ar?) da vida on-line para entrar na história… Mas vai lá um conselho poético: ‘a vida é um combate que só aos fracos abate (Gonçalves Dias)! E como dizia Camões, 'é fraqueza desistir da luta começada'!! "
http://fiorisemcensura.com.br/
(O jornalista José Fiori já foi chefe de redação da Gazeta de Novo no nosso ínicio)

"O bom e velho Guilhobel travou grandes batalhas em defesa da liberdade e causas paranaenses em defesa do interesse público. Corajoso e de peito aberto.
Não se entregue vivente porque a peleja apenas está começando.
Torço pelo breve retorno e suas sacadas e análises inteligentes e determinação para mais um bom combate.
Abraço forte!"
Cesar Setti- http://www.origens.com.br/

"Por quê, Guilhobel? Não gostei.
Beijo da sempre amiga, Paz Profunda!
Regina Marya Magdal Girardello Bellucci (ela é uma guerreira contra as safadezas no Poder Judiciário do Paraná.Tem o site
http://cartorios.blogspot.com de Porto União/União da Vitória).

"Guilhobel
Sempre há um amanhã e a vida nos dá sempre mais uma oportunidade para fazermos as coisas bem, e temos que aproveitar cada oportunidade, por isso respeitamos sua decisão, mas ficaremos aqui torcendo pelo  seu sucesso hoje e sempre. Que você faça mais histórias maravilhosas e intensas mesmo que não seja mais aqui no site, mas que seja em jornal ou revista!!!  Felicidades Plena!!! "
Taciane Graziela (Jornalista
Instituto Global de Transparência Pública)

"Guilhobel.
Querido ou odiado, pouco importa, o que tem significação é a demonstração de caráter, de não sucumbir ao aceno dos tidos como poderosos, de não aceitar as imposições medíocres em detrimento do povo, “ pois só os peixes mortos seguem a correnteza” continue vivo."
Newton Pythagoras Gusso.

"Guilhobel
Nunca, nunca, permitirei que se cale o mais nobre e eloquente paladino da justiça, o defensor dos direitos de pobres, ricos e safados, fica meu amigo GRILO...."
(Nery)

"Lelo (Guilhobel) querido.
Confesso que pra mim, sua retirada da  " arena  "  neste momento em que o país e o mundo, estão atolados até os cabelos na merda, é MUITO TRISTE.  São, em número, raros os que têm culhão / peito pra pronunciar-se, dizer o que pensam, ESCREVER E ASSINAR sobre sua visão dos fatos e das pessoas.
Ao mesmo tempo, acho que é um direito pleno seu  -  depois de tantos anos de putas lutas  -   "  dar um boa noite geral  "  ou   " dar um tempo  ". A nossa indigência intelectual, a multidão de canalhas, de enganadores, a impunidade reinante, esgotam  " o lutador  " e até mesmo provocam-lhe doenças. Você Lelo, mesmo  " sem armas  "  foi, é e será um valoroso guerreiro. Beijo carinhoso / Abraço apertado."  
YARA SARMENTO.
( Yara Moreira de Moraes Sarmento, bacharel em direito, atriz de teatro, cinema e televisão, apresentadora e escritora brasileira uma das primeiras atrizes que constituíram o cast de celebridades da Rede Globo. Yara é - com muito orgulho - natural de Antonina-Pr )

"Guilhobel, parceiro e amigo:

A vida a gente faz caminhando no dia a a dia, e no jornalismo cada dia é uma página em branco que a gente tem o compromisso de entregar, no final da tarde, cheia de notícias.
A nossa Gazeta de Novo foi pioneira no segmento e foi construída da experiência diária de cada um de nós.
Tomara que essa decisão seja apenas para o Verão e que possa voltar depois do Carnaval, pois o ano que vem prenuncia edições interessantes e apimentadas. Como seu público sempre quer.
Receba um abraço fraterno do
Bitte"
(
Bernardo BITTENCOURT Neto, foi o primeiro Redator Chefe da Gazeta de Novo tivemos bons momentos juntos, obrigado amigo  Bitte)

Em um desses carnavais antoninense, tive o prazer de conhecer o Guilhobel Camargo na casa da sua filha Daniele Camargo esposa do meu amigo de infância o Odilon (Dila-Dila), tivemos um papo longo naquela noite aconchegante e convidativa para a festa de momo na avenida do samba em Antonina.

Pelo pouco tempo com o Guilhobel, que para os amigos é "Lélo", reparei que se tratava de uma pessoa diferente, especial, uma pessoa rara nos dias de hoje...

...por alguns instantes, compartilhamos nossos sonhos de ver uma Antonina melhor, compartilhamos também nossos acertos e principalmente os nossos erros. Porém, este último nos dando a certeza plena de que, só se acerta errando.

Fiquei triste em saber que o atrevido amigo parou com o site GAZETA DE NOVO , entretanto, devo respeitar a vossa decisão...

...perdemos todos nós com as informações coerente e sempre relevante ao povo paranaense que o site Gazeta de Novo diariamente nos dividia mas, pensando de outra forma... estamos ganhando novamente O ANTONINENSE Guilhobel.

Guilhobel espero que esta sua parada na mídia online não seja um off-line definitivo, e sim, um stand by.
Neuton Pires do
(http://bacucucomfarinha.blogspot.com/)

"Bertold Brecht
Há homens que lutam um dia, e são bons;
Há outros que lutam um ano, e são melhores;
Há aqueles que lutam muitos anos, e são muito bons;
Porém há os que lutam toda a vida
Estes são os imprescindíveis.

Prezado Guilhobel,
Espero que você seja daqueles que "LUTAM A VIDA TODA - POIS SÃO IMPRESCINDÍVEIS"
A vida continua e você tem só 64 anos! Existem alguns homens maravilhosos como você - que nunca se venderam ou desistiram. E nós nunca necessitamos tanto de pessoas assim como você, agora que é uma nova época das trevas. Não sei os motivos reais de seu afastamento, mas espero que durante o seu período de reflexão, possa encontrar forças para retornar à lida que nunca termina, pois as forças do mal nunca dormem!

Um abraço," Cleusa Pozzetti Siba

De : André Amorim
Para : Guilhobel
  
Para mim
Meu querido Guilhobel,

Vi que você interrompeu suas publicações na Gazeta de Novo. Uma pena, pois foi, sem dúvida, um dos jornais mais aguerridos e combativos dos últimos tempos, e uma das maiores escolas de jornalismo que já vi. Aprendi muito com você, não somente os trâmites pelos quais operam as mutretas dos poderosos, mas aprendi que não devo me calar. Que, como você bem colocou no site,  o mundo pertence a quem se atreve, a quem ousa, àqueles que desafiam o senso comum e vão em frente. São os elementos raros desta química universal que catalizam a reação que é a vida. E você, Guilhobel, sempre fez esta reação ferver. Sempre colocou energia em tudo o que fez, e  desta forma sacudiu o Paraná. Foi um grande chefe e sobretudo grande chapa (se é que você me permite).
Sempre lembro com carinho e saudade desta fase da minha vida, recém saído da faculdade, caindo no mundo complexo e sombrio das engrenagens políticas. Não imagino formação melhor para um jovem repórter. Até das nossas discussões tenho boas lembranças, pois sempre estiveram balizadas por idéias e convicções e sempre foram travadas com a melhor das intenções, se fazer compreender, iluminar nossas idéias.
E foram vários gols, assim rapidamente lembro do Banco Santos, da Elejor, do Porto de Paranaguá, das escutas ilegais da secretaria de segurança..
Confesso pra você que ultimamente abria de vez em quando o site, até porque meu foco profissional mudou um pouco, saiu da política e foi para a economia, mas sempre esteve nos meus favoritos. Quem me contou sobre a interrupção do site foi sua neta Juliana, que encontrei por acaso outro dia.

Guilhobel, te desejo luz e paz, mas não essa paz daqueles que estão consumidos pela própria inércia, a paz dos mortos, desejo a você a paz que eu sei que você busca, que é ter um espírito forte e sereno. Pois eu sei que em você esta paz se transforma em fogo e terremotos, que atingem aqueles que sempre estiveram protegidos pelas fantasias que você citou no último relato do site. Certa vez escrevi um poema sobre você, esse "mago louco de mãos pesadas e coração enorme", deve estar perdido entre meus papéis, um dia encontro e lhe mostro.

Grande abraço.
André Amorim:  Foi o mais jovem e mais promissor   jornalista que trabalhou no Gazeta de Novo. Aprendi muito com ele, muito mais do que ele pensa que eu tenha ensinado.  Obrigado André Amorim e o final de sua missiva, o poema,  foi do modo que gosto (“mago louco de mãos pesadas ...”) - sobre “o coração enorme” ele não pensa, - portanto foi bondade sua.

 
 :: Pensamento Comentar notícia  Enviar notícia p/ e-mail

Pensamentos do Guilhobel

“Se a verdade gera ódio, serei odiado”.
(Guilhobel)

“Eu escrevo somente para os que sabem pensar, porque estes saberão distinguir os meus passos dos seus”.
(Guilhobel)

"Para não perder o controle da sua mente, o homem que pretende ser 'superior' prefere o sentimento do ódio, pois este ele pode controlar, já que o sentimento de amor o controlará".
(Guilhobel)

“Se existe uma virtude responsável em transportar todas as demais, ela chama-se paciência”.
(Guilhobel)

“Votarei sempre no homem que erra e nunca naquele que sei que é errado”.
(Guilhobel)

“Se a fortuna de um homem público não pode ser explicada é porque ele a adquiriu com fraude e tudo que tem é sem direito. A esse, não podemos dar o poder".
(Guilhobel)

“Para um político, vale mais um voto que um amigo".
(Guilhobel)

“Em política, poucas vezes as coisas são como realmente parecem que são”.
(Guilhobel)

“O político de carreira é como o viciado em drogas. Cada vez quer mais”.
(Guilhobel)

“O político, primeiro tem um projeto de poder e depois um projeto para o povo”.
(Guilhobel)

“O peixe se pesca pela boca e o político  armando uma rede com erros do seu passado, e pela vaidade com que alimenta os seus sonhos futuros”.
(Guilhobel)

"O pensamento positivo é a energia que fortalece o corpo e a alma".
(Guilhobel)

“Quanto mais convivemos com pessoas cultas, mais distantes ficamos de ganhos financeiros”.
(Guilhobel)

"Como o mundo pode querer paz, quando os hinos dos países só pedem guerra?"
(Guilhobel)

“Para inimigos, não diga a verdade. Ele a aproveitará contra você”.
(Guilhobel)

“Ainda bem que nossos políticos não comungam do mesmo sentimento de honra e vergonha que é comum em políticos japoneses. Se tivessem, não teríamos políticos no Brasil. Todos se enforcariam".
(Guilhobel)

“Para um homem viver com honra sempre lhe será exigido grande sacrifício”.
(Guilhobel)

“A primeira falha da masculinidade de um homem é não cumprir o que prometeu. A primeira falha na honra de um homem é não cumprir o que prometeu. A primeira  falha de retidão de um homem é não cumprir o que prometeu. Aquele que não observa esses preceitos, viverá em vergonha e em estado de anarquia mental e nem será digno de que o escutem".
(Guilhobel)

"A paga do que você fez é muitas vezes feita com um troco do que você merece".
(Guilhobel)

“O sabor de uma vitória com desonra é o desprazer de nunca conseguir digeri-la”.
(Guilhobel)

“Aquele que vende sua dignidade para chegar ao poder, será refém de seu erro e terá criado uma cilada para si próprio de difícil saída. Como ninguém sai impune de seus erros, um dia eles serão cobrados".
(Guilhobel) 
 
“Você pode perder um amigo, por dizer a verdade, se ele permitiu que um  abajulador armou uma rede para os passos que ele trilhou”.
(Guilhobel)

“Como pode pedir indenização por dano moral aquele que não tem moral?”
(Guilhobel)

“A conduta de uma sociedade forma o conceito que devemos fazer dela. Certo ou errado, o seu comportamento passa a determinar, como legal, até os maiores absurdos que maculam a moralidade e a impessoalidade, lembrados timidamente em algumas Cartas Magnas”.
(Guilhobel)

“Quando as principais nações do mundo e seus cidadãos celebram a morte de um homem, atingimos o auge da barbárie. Em qualquer hipótese, para a civilização, é mais valioso um homem vivo do que morto”.
(Guilhobel) 

"A ninguém será dado o direito, de convidado que foi de ir à casa do vizinho, sentar-se à sua mesa, comer o seu pão e depois negar reverenciar por quem ele reza”. 
(Guilhobel) 

A beleza do 'dia a dia' do Sol não prova que Deus existe. É a eterna “luta diária” da “luz contra as “trevas” tão bem  aproveitada pelas religiões".
(Guilhobel) 

“Prefiro ser condenado por um inimigo que humilhado por um amigo".
(Guilhobel) 

"Política é a arte de unir-se ao inimigo. traindo aliados em benefício próprio".
(Guilhobel)

“Quando as lágrimas rolam no peito para lavar um coração que busca um sonho, escutamos o grito dos olhos em um momento de mais pura emoção”.
(Guilhobel) 

“Quem vive como cordeiro jamais compreenderá a glória ou a derrota dos que vivem como leão”.
(Guilhobel)

“O ganancioso morre intoxicado pela natureza de sua fome”.
(Guilhobel)

"Liberdade é ter o sentimento interior de ausência total a qualquer submissão,  a homens e a deuses. É digno em obtê-la aquele que se empenha em conquistá-la.”
(Guilhobel)

 
:: Pensamento  Comentar notícia  Enviar notícia p/ e-mail

Pensamentos

“A maneira mais rápida de realizar um sonho é acordar”.
(Guilhobel)

“Só a crença em um deus cega mais que um beijo de amor”.
(Guilhobel)


“A fé é cerrar os olhos para a busca da verdade, imprimindo um esforço irracional que deixa a emoção dominar o que a inteligência rejeita”.
(Guilhobel)

"Os agentes públicos que comandam o Estado do Paraná, dentro dos Três Poderes, são como caranguejos dentro de um saco. Você vai tirar um caranguejo ladrão, vem junto uma fieira de caranguejos".
(Guilhobel)

“Um ateu descobre verdadeiramente o seu caminho quando percebe que ele é Deus”.
(Guilhobel)

"A existência de tudo é a prova que um deus criador não existe, pois no nada nem ele existiria".
(Guilhobel)

“O Judiciário é o mais corrupto dos Três Poderes no Brasil. Ele se equipara ao policial que se une aos bandidos (do Poder Executivo e do Poder Legislativo)  para roubar o povo”.
(Guilhobel) 

“ … e Ministério Público e Tribunais de Contas dançam no mesmo podre chiqueiro, para encher suas tripas individuais  putrefatas,  com o suor do povo.
(Guilhobel)

"Tem políticos que fedem mais e tem políticos que fedem menos. Mas todos fedem".  
(Guilhobel)

“A paz amparada na mentirá breve perece”. 
(Guilhobel)

“A 'ditadura' do Poder Executivo, a desonestidade dos agentes públicos - nos Três Poderes - e os privilégios dados aos banqueiros estão explodindo a democracia”
(Guilhobel)

“Se a alma é imortal e o universo infinito, não houve o começo e não haverá o fim. Então o criador não teve função, pois tudo sempre esteve. Admitindo-se que um  deus tenha criado o universo infinito e a alma imortal, as imperfeições da criação destróem a afirmativa que Deus é perfeito, uma vez que o perfeito não cria a imperfeição. No nada não existe nada, então onde estaria Deus? Ele é o nada? Se um deus estava só no nada foi a solidão que lhe inspirou a criação?” 
(Guilhobel)  

“A Justiça brasileira foi capaz de libertar um assassino italiano, condenado à prisão perpétua, e deixa presos 431 bombeiros do Estado do Rio de Janeiro, que fizeram uma manifestação por melhores condições de trabalho e salários”.
(Guilhobel )

“Nem todas as mães do mundo deram à luz a grandes homens; algumas foram enganadas e seus filhos viraram tragédias, mas culpa não tiveram”.
(Guilhobel )

“Ateus e crentes estão errados ao discutirem sobre a existência de um Deus. O crente acredita sem saber no que acredita e o ateu não acredita sem saber no que o crente acredita.”
(Guilhobel)

“Sendo o universo dos universos infinito, não é concebível  a existência de um deus criador”. 
(Guilhobel)

“Quando você cavar um buraco para enterrar o seu adversário, você deve mandá-lo para o lugar mais profundo possível. Por que você nunca saberá, qual o folego dele e em que tempo você poderá tomar o lugar da vítima".(Guilhobel) 

Se existisse um criador - com um propósito para os homens - não deixaria esse animal habitando em planeta “cosmicamente  insignificante”. A vida na terra acabará, como a terra também desaparecerá no futuro e o universo continuará com a mesma mecânica que o mantém existindo".
(Guilhobel)

"A minha loucura é que me traz o equilíbrio”.
(Guilhobel)

“Quando o estado abandona a segurança, 
se torna cúmplice dos ladrões. 
Todo cidadão tem o direito de se armar
para defender a si e a sua família”.
(Guilhobel)

" - pensando sobre o livre-arbítrio - Os meus sentidos (olfato, paladar, tato, visão e audição) recebem uma informação do exterior e conduzem ao meu cérebro. Dentro de meu cérebro essa informação, mesmo sem  minha consciência interferir, interage com o que lá está acumulado. A consequência é uma reação química e física que gera uma reação através de um comando, mesmo sem a consciência, controlar um tempo ou liberdade para o corpo responder. Não há uma escolha de uma alma (!) ou de uma consciência plena sem uma interferência externa. Não há uma decisão tomada por nossa própria conta, quando a resposta tem que ser instantânea, porque a consciência é apenas uma parte do nosso cérebro e ele responde antes. O cérebro decide antes da consciência avaliar - quando exige resposta rápida - e quando há tempo possível para  refletir, com decisão “consciente”, ela é fruto da interação com o exterior.  As decisões rápidas são tomadas na região chamada por “córtices fronto polar e medial” do cérebro, muito antes da nossa consciência receber a informação e pensar como responder. Quando enxergamos algo, um cheiro é sentido, um sabor é constatado, um som chega a até nós ou alguma coisa  queima o nosso corpo não pensamos em nada para reagir imediatamente. Ninguém tem que pensar para tirar a mão do fogo. Portanto não existe o livre arbítrio a não ser que exista um livre-arbítrio parcial e nesse caso “tudo depende!" 
(Guilhobel)

 



 

[Comente essa Opinião do Jornal]       [Envie essa Opinião por e-mail]

 
Opinião do Jornal

Brasil ultrajado

Opinião Comentar notícia  Enviar notícia p/ e-mail

Brasil ultrajado

 

 

Brasil ultrajado

Por Guilhobel Aurélio Camargo


Eu sou o Brasil e estou ultrajado
Você é o Brasil e está ultrajado


Ultrajado, por atos criminosos dos políticos que me governam.

Ultrajado, pela falta de decência dos agentes públicos que cuidam de si, usando meu nome.

Ultrajado, por ver meus filhos recebendo esmolas que trocam pela dignidade “de ser cidadão”.

Ultrajado porque o alimento no prato não alimenta a alma dos meus filhos humildes.

Ultrajado porque o estado toma do cidadão o suor do trabalho, e o politico subtrai para seu beneficio o sangue do povo.

Ultrajado porque tudo que o estado dá é tirado do próprio cidadão, que é sugado com “monstruosa derrama", diminuindo o bem estar dos meus filhos.

Ultrajado porque vejo a dor nos corredores dos hospitais.

Ultrajado porque “vejo a ignorância” instruindo meus filhos.

Ultrajado porque vejo as drogas contaminando meu povo.

Ultrajado pela insegurança patrocinada pelo descaso dos governantes.

Ultrajado quando vejo “um filho meu” drogado na sarjeta,“fugindo da luta”.

Ultrajado quando crianças matam crianças, na pior das guerras do mundo.

Ultrajado pela promiscuidade reinante entre os três Poderes.

Ultrajado porque em nome da democracia - a tirania da minoria, eleita pelo povo - se sobrepõem a maioria para saqueá-la.

Ultrajado quando temos o mais sofisticado sistema para eleger governantes, escolhendo a pior escória de políticos.

Ultrajado porque os políticos da minha pátria tornaram a democracia um instrumento da maior corrupção que tenho noticia.

Ultrajado porque a corrupção dos políticos corrompe os princípios de meus filhos.

Ultrajado porque a política pública, em minhas terras, nada mais é que a própria corrupção.

Ultrajado porque o espírito de minha raça está entregue a agentes públicos safados que, como urubus, habitam o interior dos prédios públicos.

Ultrajado porque vejo que meu povo, “deitado eternamente em berço esplêndido”, perde a honra que é o primeiro passo para jogar no lixo a “alma da nação”.

Ultrajado porque sou grande e generoso, dou terras férteis e ricas, água em abundância, clima invejável, povo hospitaleiro e trabalhador e, infelizmente, políticos safados.

Ultrajado porque meu povo tem vergonha de se indignar.

Ultrajado porque os meus filhos tratam os governantes como patrões quando são empregados.

Ultrajado porque “o brasileiro é o povo que troca protestar pelo silêncio dos covardes”.

Ultrajado porque o roubo da honra de meus filhos empobrece a pátria e acaba com os meus cidadãos.

Ultrajado porque meus filhos não se levantam e estão caminhando para a escuridão.


(Por Guilhobel, do Brasil ultrajado)
www.gazetadenovo.com

 
 


 

  Comentar notícia  Enviar notícia p/ e-mail
Qual a razão de nossas vidas?

Qual a razão de nossas vidas?

Por Guilhobel Aurélio Camargo

Não pode ser tentar ser bom para ganhar um lugar nos Céus.

Também não seria aprimoramento para uma nova vida, como crêem os espiritualistas, pois se fosse assim seria mais lógico que o Deus, em quem ele acredita, já o fizesse aprimorado para todo o sempre.

A vida, por mais que possamos desejar como uma tentativa de sobrevivência eterna, não tem finalidade nenhuma a não ser existir apenas como mais um elemento do Universo, “energia pura”.

Viveremos enquanto vivermos e depois será uma energia liberta de um elemento que virará “outra porção de energia”, em qualquer lugar do Universo. Não será diferente quando a fonte emissora da energia do Logos da Terra, que também se transformará, quando se apagar sua chama interna ou vier explodir junto da fonte emissora, que é o centro do Sol.  

Assim, poderíamos dizer que existe uma hierarquia cósmica no Universo, desde o menor átomo passando por nós, pela terra, planetas, estrelas até chegar a um centro que seria um Sol Central. É um conjunto de consciências que formam o Universo. As estrelas são filhas do sol central, os planetas das estrelas e o homem do planeta Terra.  

Essa hierarquia de uma consciência cósmica transcende a evolução, seja material ou espiritual como querem alguns. Ela é como um andar cósmico da nossa mente que recebe raios cósmicos presentes no Universo.

É muita pretensão humana, o que é uma “ilusão existencial”, acreditar que as “nossas vidas” têm uma finalidade divina. Que divindade seria essa que deixaria tanta injustiça (ilusão de pensamento), pelo prisma do pensamento humano acontecer? Nenhuma divindade - se poderosa, magnânima e criadora de tudo - deixaria “seus ilusórios filhos“ sofrerem .

O Universo e a natureza de todas as coisas não cometem injustiças. O que acreditamos como injustiças é o andar de tudo sobre tudo sem bem ou mal. É a natureza do Universo seguindo suas leis, do que está criando e sempre esteve, porque não existe o passado do nada. Não poderíamos culpar uma estrela que, ao morrer, mata vidas em planetas. Como não podemos culpar uma estrela que nasce de uma explosão cósmica matando outros astros que estão naquela região do Universo. Dessa forma, os tsunamis, os terremotos, as enchentes e a natureza que mata humanos não são maldades divinas. 

Tudo sempre esteve e é dentro de nós que tudo está, porque é o centro dos nossos sentidos.

Nós não estamos em um ambiente externo e sim o ambiente está dentro de nós.

São os nossos sentidos que dão à percepção e nos faz julgar que o que vemos, ouvimos, saboreamos, tocamos, cheiramos e que está fora de nós e chega a nós por ondas elétricas. Esse é o “mundo material e ilusório” que está apenas dentro de nós e ele consiste nesses cinco sentidos que temos. É a ilusão de um Universo externo que no fundo existe materializado dentro de nós.

Vemo-nos através de uma progressão que começa com partículas luminosas (fótons) que viajam para dentro dos nossos olhos. Passam pelo cristalino, são refratados e focados na retina, no fundo dos nossos olhos. No fundo dos olhos os raios luminosos são transformados em sinais elétricos transmitidos por neurônios que atingem o centro da visão que fica na parte posterior do cérebro.
A visão ocorre dentro do cérebro, dentro da escuridão do cérebro. Tudo o que vemos faz parte desde mundo escuro apenas dentro de nossos cérebros, que é selado para a luz e está em completa escuridão.

O mesmo ocorre com todos os outros nossos sentidos que chegam ao nosso cérebro como sinais elétricos. Vivemos e convivemos com uma cópia elétrica formada dentro do nosso cérebro que recebe informações elétricas de uma outra matéria de fora do nosso corpo. Podemos então concluir que o que entendemos como Universo são apenas sinais elétricos em nosso cérebro.

Quando vemos uma pessoa falando, ela não está em um mundo exterior e sim dentro de nosso cérebro. As partículas de luz refletidas pela pessoa (fonte de energia transmissora) chegam aos nossos olhos e são transformadas em sinais elétricos. E são transmitidas por neurônios para dentro do centro de visão no nosso cérebro. O ser humano é, então, o resultado da consciência que acumulou  sinais elétricos.

Da mesma forma, o som emitido pela pessoa ele está apenas dentro de nosso cérebro. O emissor é uma matéria transmissora de ondas elétricas. Ele é somente energia em uma minúscula partícula de matéria e é isso que também somos.

Espaços, distâncias e tempo também são sensações formadas dentro de nós pelos mesmos sentidos que temos e nos dão as outras sensações.

Ambientes como esse que você se encontra agora, nesse momento, lendo o
www.gazetadenovo.com/index.php?edicao=1/6/2010 
e o meu texto é um ambiente que está dentro de você. Ele não é exterior, como o seu próprio corpo também não é exterior. Você pensa estar ai nesse ambiente, mas o seu corpo é uma imagem dentro do seu próprio cérebro (partícula de matéria contendo energia). 

Não podemos alcançar o mundo exterior, a matéria, pois ele é apenas a sensação recebida pelos nossos sentidos e que está apenas em nossa mente.

Tudo o que vemos, ouvimos, saboreamos, tocamos e cheiramos são apenas idéias que passam a existir em nossa mente. Então, como tudo existe dentro de nossas mentes, somos enganados pelos nossos sentidos e temos a sensação que é exterior.

Imaginar que tudo isso é de um Universo exterior ao nosso cérebro é um grande engano. O que tem fora dele são apenas emissões de ondas elétricas que percebemos e transformamos dentro da mente.

Seria como são os nossos sonhos que parecem ser uma realidade e não são. Você sonha sem sair da cama com vários cenários, com amigos, com pessoas mortas e tem a sensação que é verdade. Você come, dirige um barco, um foguete e sente tudo como se fosse realidade. Você pode até ver você mesmo em um sonho. Quando acorda é que você tem a percepção que estava dormindo e o que diferencia do que denominamos “mundo real” é apenas um produto de nossos preconceitos e hábitos.  

E toda a vida da nossa matéria, emissora e receptora de ondas elétricas pode ser um eterno dormir e acordar, como são os nossos sonhos, tudo ilusão.

Enfim podemos ser apenas um minúsculo elemento ou só energia, cujo centro chamamos de cérebro, ou uma partícula distinta de uma mente cósmica em que  tudo o mais é ilusão fornecida pelos sentidos que recebem o que  chamamos de  ondas externas.

 O que temos que procurar, se é que conseguiremos, não é frase que temos como título para essa reflexão - "Qual a razão de nossas vidas?" - e sim qual é o propósito do Universo.

 Porque nós somos o Universo onde tudo passou, passará e nesse momento passa.

 Guilhobel Aurélio Camargo

Um momento inesquecível
do cinema mundial
(Tyrone Power)

E os homens fazem guerras !!!

(Guilhobel)

 

 

 
 

Pensamentos

"Minhas palavras jogadas no site podem ser julgadas tanto quando minhas ações, mas 'minhas máximas palavras'- mesmo que corretas - desaparecem mais cedo que a menor de minhas ações.
Então vou cuidar de pequenas ações para que outros as tornem as 'máximas de suas palavras'”  
(Guilhobel)

"Como o mundo pode querer paz, quando os hinos dos países só pedem guerra?"
(Guilhobel)




“Para inimigos, não diga a verdade. Ele a aproveitará contra você”.
(Guilhobel)

 
 

Pensamento (d)

"Os ateus são os únicos homens realmente livres, pois não elegem "um senhor" para obedecer. Mesmo dentro de uma penitenciária estariam livres de penitência".
(Guilhobel)